O Ativista da nova era é uma comunidade de homens e mulheres de todas as raças e credos que em primeiro lugar querem melhorar suas vidas.

Badge

Carregando...

Membros

"A CIÊNCIA PARA FICAR RICO"

Para aceder ao livro "A Ciência para Ficar Rico" clique na imagem.

Dê uma oportunidade a si mesmo. Leia o Livro e dê um novo Rumo à sua Vida.

Publicidade!

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Música

Carregando...

Blog de Ângela Barnabé (432)

Estar atenta àquilo que penso – 16 de 365

Estar atenta àquilo que penso

A mente pode ser a minha melhor amiga. Se ela estiver parada ou focada naquilo que interessa, ajudar-me-á a navegar na vida de uma forma fluída. Mas, se pelo contrário, estiver ocupada com aquilo que não interessa, as coisas podem tornar-se complicadas.

Antes eu pensava que a vida era complicada. Que eram só problemas para resolver e que o tempo de paz era pouco. Só alguns sortudos podiam usufruir de…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 22 fevereiro 2019 às 23:00 — Sem comentários

Tudo corre sempre pelo melhor – 15 de 365

Como já escrevi algumas vezes, tem sido cada vez mais fácil aperceber-me que aquilo que eu vejo como problemático é sempre uma perspectiva criada na minha mente.

Lidar com as situações, encontrar soluções para “problemas” e aprender com aquilo que vai acontecendo não é difícil. Basta descomplicar e confiar que tudo acontece por um motivo.

Mas quando em vez de me focar naquilo que quero, crio…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 19 fevereiro 2019 às 10:30 — Sem comentários

O que é preciso é deixar fluir – 14 de 365

Deixar fluir

Quando ouvi falar, pela primeira vez,  sobre deixar fluir o conceito pareceu-me muito difícil de aplicar. Como é que eu, com a possibilidade de acontecerem mil e uma coisas, me ia sentar e deixar que tudo acontecesse sem o meu controlo?

E se o resultado final de algo fosse algo que eu não gostasse? Ou algo que eu não soubesse lidar? Com isto tudo entrava sempre em ansiedade. Por muito que eu tentasse…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 13 fevereiro 2019 às 10:30 — Sem comentários

Relacionar-me com os outros – 13 de 365

Relacionar-me As relações desempenham um papel muito importante na vida de qualquer um.  Apesar de cada pessoa ter a sua importância na sua individualidade, é na união de projetos e sonhos, é no percorrer da caminhada em conjunto que se cria algo melhor e mais rico.

Portanto, a forma como eu me relaciono com os outros vai interferir naquilo que eu posso vir a criar na minha vida.

Eu tinha a crença de que o mundo era um lugar perigoso; daí tinha medo…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 11 fevereiro 2019 às 10:30 — Sem comentários

Problema e solução – 12 de 365

problema

Quando olho para trás e reflito sobre todas as coisas que aconteceram na minha vida, vejo claramente que tudo aquilo que eu considerei um problema  foi algo que eu própria criei para assim o ser.

Todos os momentos de ansiedade, de dúvida e insegurança; todas aquelas “tempestades em copos de água”, foram causados por mim, cega pela ilusão da aparência e por conceitos limitantes em relação à vida.

Deparei-me com situações…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 10 fevereiro 2019 às 15:30 — Sem comentários

Cada passo é uma aprendizagem – 11 de 365

Com cada experiência que acontece no meu dia-a-dia eu posso escolher aprender algo. E, tendo em conta a ideia de que a vida me traz aquilo que eu preciso para crescer, é fácil ver que tudo acontece por um motivo.

Muitas vezes, deixo-me levar pelas aparências e julgo aquilo que está a acontecer, não vendo a situação como algo que tem a missão despertar algo que eu preciso para levar a vida de uma forma mais…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 8 fevereiro 2019 às 0:00 — Sem comentários

Viver sem expectativas – 10 de 365

Viver na expectativa do que a vida me traz é uma excelente forma de começar o meu dia. Sem criar ideias pré-concebidas do que é bom ou mau, sem tentar manipular para que as coisas corram como eu quero.

Mas criar expectativas é algo que leva rapidamente a um caminho de sofrimento e ansiedade. Muitas vezes crio na minha cabeça uma ideia daquilo que seria bom acontecer. Depois ajo de uma determinada…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 6 fevereiro 2019 às 21:00 — Sem comentários

Estar sempre atenta – 9 de 365

Quando se tem uma mente treinada para estar focada no que não deve, é importante treiná-la para que se foque naquilo que realmente interessa. E para isso é muito importante estar atenta àquilo com o qual ela se vem mantendo ocupada.

Com os conceitos que fui criando da vida, a estabilidade era uma meta a alcançar porque só ela poderia impedir que ansiedade acontecesse. Como é que eu podia estar relaxada e…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 27 janeiro 2019 às 22:30 — Sem comentários

O ato de entrega – 8 de 365

O ato de entrega

Para que em todos os momentos da minha vida eu possa usufruir daquilo que me é apresentado, tenho que me entregar àquilo que estou a viver. Não pode haver uma parte de mim que se contenha, porque isso significa que não estou a dar o meu todo e se não dou tudo, não posso esperar receber tudo.

Entregar-me à vida pressupõe que eu confie na perfeição do seu fluxo e que ao longo de todo o dia eu mantenha presente que tudo aquilo que acontece…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 20 janeiro 2019 às 23:17 — Sem comentários

A maneira como vejo altera o resultado – 7 de 365

altera o resultado

Enquanto observadores, cada um de nós altera o resultado de cada situação. Não podemos controlar o que vai acontecer, nem a forma como acontece mas podemos, através da nossa visão, influenciar aquilo que iremos colher.

Vou dar um exemplo daquilo que me tem vindo a acontecer. Nos últimos meses, tenho vindo a ser presentada por situações que eu queria experienciar, mas que ao mesmo tempo adiava, com o pretexto de ainda não estar preparada para lidar com…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 20 janeiro 2019 às 22:30 — Sem comentários

À procura da familiaridade – 6 de 365

familiaridade

Quando se tem medo da vida, evitam-se situações que possam trazer consigo emoções com as quais não se quer lidar e é mais que “normal” a procura pela familiaridade.

E, apesar de eu ter em mente que é para lá da linha do conhecido que existe o espaço suficiente e necessário para crescer, ainda dou por mim focada em procurar uma sensação de estabilidade para nela basear a minha segurança.

A vida e o seu processo e fluxo têm-me mostrado…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 11 janeiro 2019 às 8:30 — Sem comentários

Aceitar plenamente cada pessoa – 5 de 365

aceitar  sobre relações e sobre como a minha autoestima influencia a forma como me relaciono com os outros e comigo mesma. Uma boa autoestima pressupõe uma ausência, ou pelo menos, o mínimo possível de julgamento em relação a mim mesma e consequentemente em relação às pessoas que me rodeiam.

Sem julgamento existe uma aceitação plena daquilo que acontece, daquilo que sou, penso ou faço e dos outros; das ações, dos comportamentos e de tudo o que possa ser…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 8 janeiro 2019 às 0:00 — Sem comentários

A motivação de cada decisão – 2 de 365

motivação

Para além de saber o que eu quero, eu tenho que ter consciência do que motiva as minhas decisões, porque é isso que vai ser a base da criação daquilo que eu almejo.

Aquilo que eu faço não tem grande importância comparado àquilo que me motiva a ter uma ação ou a tomar uma decisão.

Eu posso escolher um caminho “errado”; posso seguir sugestões que nada têm a ver com o caminho que eu quero seguir, mas se a intenção estiver lá e ela estiver em…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 7 janeiro 2019 às 10:09 — Sem comentários

Aquilo que eu realmente preciso – 3 de 365

Por muito que eu pense que tenho uma ideia do que é bom para mim, a verdade é que a minha consciência ainda se encontra limitada e que não é possível, neste momento, ter uma visão ampla das coisas que me trarão benefício.

Se analisar a forma como ajo, o que penso diariamente e aquilo que vou sentindo, consigo identificar diversos momentos em que não me encontro em sintonia com o processo e fluxo da…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 7 janeiro 2019 às 10:00 — Sem comentários

Relações genuínas e uma boa autoestima – 4 de 365

relações

Não é novidade para mim que a melhor forma de garantir uma vida realmente feliz e satisfatória é criando uma boa-autoestima. E porque é que eu afirmo isto?

Tudo parte de mim. Aquilo que é intrínseco em mim, é aquilo que vou projetar para o mundo que me rodeia. Se eu quero experienciar amor ao meu redor, tenho que o ter dentro de mim. A construção de uma boa autoestima é essencial para isso.

Uma postura de…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 7 janeiro 2019 às 10:00 — Sem comentários

O valor da apreciação – 1 de 365

apreciação

Não seria a primeira pessoa a dizer (e a escrever) sobre a importância da apreciação. Hoje começo um novo ciclo, este ano de 2019, e com ele inúmeras oportunidades para apreciar aquilo que me é apresentado.

Existe uma grande urgência em aprender a dar valor e a apreciar cada momento. Cada segundo que passa não volta mais. Aquilo que foi apreciado fica na memória e é uma experiência pela qual…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 1 janeiro 2019 às 23:00 — Sem comentários

O encerrar de um ciclo – 365 de 365 – Inventário anual 2018

Cada dia que começa marca o início de um novo ciclo. Dia 31 de dezembro de 2018 terminou um ciclo de 365 dias repletos de muita coisa: crescimento, alegria, felicidade e abundância.

Foi um ano de muita mudança e afirmo com toda a certeza que sou uma pessoa completamente diferente do que era no início deste ciclo.

Sou muito grata por tudo o que aconteceu: pelas pessoas que conheci, pelos sonhos que concretizei,…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 1 janeiro 2019 às 16:20 — Sem comentários

O medo impede a entrega – 298 de 365

medo impede a entrega

Sempre que tenho medo, fecho-me ao mundo e às possibilidades que a vida me traz. Perco a confiança e deixo-me levar por pensamentos que apenas criam aquilo que eu não quero experienciar.

Para que eu me possa entregar à vida e às coisas que vou fazendo no meu dia-a-dia, tenho que perder o medo.

Nos momentos em que as coisas foram acontecendo na minha vida, sempre tive à minha disposição uma solução, uma ferramenta; no fundo algo que me ajudasse…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 30 dezembro 2018 às 23:00 — Sem comentários

O rebentar da bolha – 297 de 365

rebentar da bolha

O ano de 2018 tem sido ótimo para me fazer trabalhar a imagem que tenho de mim mesma.

Com medo do que os outros pudessem pensar de mim, com medo que não gostassem da pessoa que eu sou, fechei-me numa bolha, querendo proteger-me do mundo exterior. Isso fez com que a imagem que eu tenho de mim mesma fosse bastante limitada.

Nenhum comportamento em mim permitia que alguém desse algum parecer sobre aquilo que eu era, a forma como agia ou a…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 29 dezembro 2018 às 19:12 — Sem comentários

Ser para fluir – 296 de 365

ser para fluir

Para que eu possa fluir com alguma tarefa, eu tenho que estar dentro do conceito daquilo que estou a realizar.

Por exemplo, quando eu tento cozinhar algum prato, quando quero que os alimentos se liguem de forma harmoniosa, tenho que prepará-los segundo uma ordem, que é regida pelo conceito do próprio prato.

Posso sempre dar um toque meu àquilo que estou a cozinhar, sem perder a essência daquilo que estou a fazer.

Na vida também é assim;…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 29 dezembro 2018 às 19:03 — Sem comentários

© 2019   Criado por Antonio Teixeira Fernandes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço