O Ativista da nova era é uma comunidade de homens e mulheres de todas as raças e credos que em primeiro lugar querem melhorar suas vidas.

Badge

Carregando...

Membros

"A CIÊNCIA PARA FICAR RICO"

Para aceder ao livro "A Ciência para Ficar Rico" clique na imagem.

Dê uma oportunidade a si mesmo. Leia o Livro e dê um novo Rumo à sua Vida.

Publicidade!

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Música

Carregando...

Blog de Ângela Barnabé -- abril 2019 Arquivo (7)

As ilusões que eu alimento – 32 de 365

ilusões

Quando se vive numa postura indiferente em relação à vida, faz-se as coisas sem pensar; sem tomar consciência daquilo que nos motiva a agir.

Durante muito tempo foi assim que eu escolhi viver. Fazia por fazer, sem pensar muito bem nos “porquês” e sem observar aquilo que sentia. Apenas sabia que me sentia mal, muito mal e que as coisas ficavam cada vez pior.

Hoje, com uma consciência diferente, possível graças ao percurso até aqui…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 29 abril 2019 às 18:53 — Sem comentários

Semear e colher – 31 de 365

semear

A cada segundo que passa eu estou a semear. E semear é criar: tanto estou a criar aquilo que quero ou como aquilo que não quero; depende daquilo em que estou focada.

As coisas que acontecem na minha vida não são aleatórias. Tanto as coisas que me agradam como aquelas que me desagradam são criações minhas.

Para além de eliminar o conceito de agrado e desagrado que rotula as situações e que termina em…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 29 abril 2019 às 18:20 — Sem comentários

A responsabilidade de mudar – 30 de 365

responsabilidade de mudar

As experiências que fui tendo ao longo da minha vida e a forma como fui lidando com elas fez com que eu criasse conceitos. A forma como eu fui educada, as ideias que me foram passadas pelos meus progenitores também foram a base de muitos conceitos que eu fui criando.

Muitas vezes via tudo isso como limitações que me tinham sido impostas e responsabilizava os outros pelos meus comportamentos. Achava que as coisas poderiam ter sido feitas…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 28 abril 2019 às 20:00 — Sem comentários

A beleza da mudança – 28 de 365

A beleza da mudança

Não posso afirmar que estou 100% aberta à mudança e que estou sempre preparada para que as coisas fluam de maneira diferente (e melhor).

Um dos meus grandes desafios no dia-a-dia é estar sempre atenta à minha resistência ao novo e permitir que tudo corra da maneira que deve correr sem a minha interferência e controlo.

É uma grande estupidez resistir à vida e, perante todas as evidências que a minha…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 11 abril 2019 às 11:15 — Sem comentários

O quebrar de ciclos – 27 de 365

A vida é uma aprendizagem constante e é com o lidar com diversas situações que posso aperfeiçoar a arte de viver, vendo e observando aspectos que ainda possa ter que trabalhar.

A única forma de impedir que aquilo que eu vivenciei (e que não me trouxe nenhum benefício) aconteça no futuro é quebrando ciclos.  Esses ciclos não se quebram com revolta, nem raiva.

Não é por não gostar de algo que me tenha acontecido que…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 8 abril 2019 às 23:06 — Sem comentários

A naturalidade da vida – 26 de 365

A naturalidade da vida

Tenho observado a forma como as coisas evoluem na minha vida; como coisas que para mim eram quase inalcançáveis hoje são feitas com uma grande naturalidade.

Penso no quanto eu resisti a essas coisas; como eu me preocupei no caminho que teria que palmilhar até que elas fizessem parte da minha vida.

Vejo com (alguma) clareza como toda aquela preocupação e ansiedade sentidas, foram totalmente em vão, porque no decorrer do processo e fluxo da…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 5 abril 2019 às 18:14 — Sem comentários

O mundo é um reflexo de mim mesma – 25 de 365

O mundo é um reflexo de mim mesma

Para saber qual é o estado em que me encontro, para além de olhar para as minhas ações e pensamentos, posso claramente observar aquilo que acontece à minha volta, principalmente os comportamentos dos outros em relação a mim.

Antes eu pensava que era apenas a minha perspetiva que mudava a forma como eu via as ações dos outros, mas hoje vejo que é mais do que isso.

Sendo que o mundo é um reflexo de mim mesma, o meu estado cria a minha…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 1 abril 2019 às 23:20 — Sem comentários

© 2019   Criado por Antonio Teixeira Fernandes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço