O Ativista da nova era é uma comunidade de homens e mulheres de todas as raças e credos que em primeiro lugar querem melhorar suas vidas.

Badge

Carregando...

Membros

"A CIÊNCIA PARA FICAR RICO"

Para aceder ao livro "A Ciência para Ficar Rico" clique na imagem.

Dê uma oportunidade a si mesmo. Leia o Livro e dê um novo Rumo à sua Vida.

Publicidade!

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Música

Carregando...

Os Pensamentos são tão subtis que se não estivermos atentos e decididos a não consumir SÓ POR HOJE, escorregamos e embrulhamo-nos neles.

E o pior é quando eles nos levam ao consumo.

A recaída começa na mente, quando se vai consumir já se está recaído. A recaída é um processo, crescente e progressivo - começando a se alimentar um pensamento, ele transformar-se-á em vários, até atingir um grau de não conseguirmos já tomar conta deles.

Antes que isso aconteça precisamos, antes de tudo estar atentos. Não com medo, mas apenas Aceitando, aceitando-nos, pois só uma aceitação consciente de nós, das nossas limitações, e da nossa Adição, nos pode libertar da prisão que nós próprios criámos: a não aceitação de nós mesmos, da nossa adição é que nos leva ao consumo, é que nos leva á prisão interior, ás recaídas.

Se eu aceitar que uso essa substância, seja ela qual for, como uma droga, eu vou estar atenta, atenta a mim mesma, vou ser responsável, porque sei que só eu posso mudar, só eu posso fazer a diferença; se eu não aceitar que a uso como uma droga, vou sempre estar fazendo um braço de ferro com ela, achando que um dia posso ganhar.

Vou consumir achando que a posso dominar, que a posso ter na mão, controlá-la...Isso é a maior das ilusões! Quando dermos por isso já estamos no fundo do poço, na lama, enterrados até á ponta dos cabelos. E ás vezes estamos lá e ainda Gritamos aos outros:Venham! Venham para a luz! Eu vou guiarei! Olhem para mim! Vejam como eu estou bem!

Como nós somos...

Não somos culpados pela nossa adição, mas somos responsáveis, e dessa responsabilidade faz parte o pedir ajuda, pois somos impotentes perante a nossa droga. Se o não fossemos não tinhamos chegado onde chegámos, certo?

Todas as formas que possamos já ter usado para tentar controlar, dominar, já vimos que não funcionam, então para quê continuar? Ainda achamos que conseguimos respirar debaixo da lama? Não vamos aguentar por muito tempo...o ar está a ficar escasso...

Há sempre a hora certa para tudo. Essa hora é quando estamos cansados de estar cansados, fartos de estar fartos, desiludidos, frustrados com o insussesso de todas as formas que conheciamos...

O que perdemos em seguir sugestões, se tudo o que fizemos não funcionou?

Em que perdemos em pedir ajuda? Será que podemos perder mais do que aquilo que já perdemos?

Encontraremos quem já passou por tudo isso e muito mais, e está com um sorriso de orelha a orelha, rindo-se daquilo que também fez, rindo-se das suas limitações, e sentindo-se grato por tudo o que conseguiu, pela sua vida nova.

E aí sentimos que se eles conseguiram, então também nós somos capazes.

O que temos a perder?

Exibições: 50

Comentar

Você precisa ser um membro de Ativista da Nova Era para adicionar comentários!

Entrar em Ativista da Nova Era

© 2019   Criado por Antonio Teixeira Fernandes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço