O Ativista da nova era é uma comunidade de homens e mulheres de todas as raças e credos que em primeiro lugar querem melhorar suas vidas.

Badge

Carregando...

Produtos Naturais

Membros

"A CIÊNCIA PARA FICAR RICO"

Para aceder ao livro "A Ciência para Ficar Rico" clique na imagem.

Dê uma oportunidade a si mesmo. Leia o Livro e dê um novo Rumo à sua Vida.

Publicidade!

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Música

Carregando...

À medida que a minha consciência se expande, o conceito de “posse” deixa de existir.

Primeiro porque o conceito de liberdade é cada vez mais firme dentro de mim, e porque também, já atingi (embora ainda tenha um longo caminho pela frente) um estado em que não faz sentido possuir seja o que for. Seja casa, bens materiais, pessoas, animais, etc… apenas usufruo daquilo que a vida me dá. E o que recebo, partilho com quem está disposto a receber.

Olhar para o mundo de uma forma diferente, em que o sentimento de “não vou dar, pois pode-me faltar”; ou então dar à espera de receber; é transmutado em “quanto mais dou, mais tenho”, e abriu-me portas que nunca poderia imaginar.

Conto-vos um dos pequenos exemplos que se passou no Natal passado…

A equipa da Fundação, decidiu oferecer um mimo, aos seus colaboradores e todos aqueles que direta ou indiretamente, colaboram com a Fundação António Shiva. Decidiu-se fazer algo simples mas personalizado. E então, fizemos broas de Natal, e decoramos as embalagens para colocar as broas. Chamámos-lhe “Doses de amor”. À medida que fomos distribuindo as “Doses de amor”, íamos trazendo de volta algo, resultado da partilha.

Resumindo, a energia colocada nessa ação, trouxe um retorno que acima de tudo veio relembrar o espirito de Natal, que é a partilha.

Viver em comunidade é isso mesmo. É partilhar tudo o que tenho com queira receber, e estar aberta a receber de volta.

Partilhar um sorriso, um abraço, uma palavra de carinho, um bolo, uma refeição, uma tarefa, faz tudo parte do ciclo da vida, visível na natureza, que é a partilha. Esse é o verdadeiro altruísmo.

Claro que para poder partilhar, tenho de ter, e desejo cada vez ter mais, para poder partilhar mais, sem medo.

Já pertenci a um mundo (ou realidade), em que pouco ou nada se partilhava, e quando se fazia era por obrigação ou por ser politicamente correto. Claro que essa ação sempre deixava um vazio que nunca soube explicar.

Hoje sei que só havendo amor na partilha, me posso sentir plena.

A melhor partilha que posso dar, neste momento, e a quem está sem rumo e desorientado, é falar da minha experiência. E que ela possa iluminar o caminho de quem precisa.

Obrigado!

Exibições: 3

Comentar

Você precisa ser um membro de Ativista da Nova Era para adicionar comentários!

Entrar em Ativista da Nova Era

© 2017   Criado por Antonio Teixeira Fernandes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço