O Ativista da nova era é uma comunidade de homens e mulheres de todas as raças e credos que em primeiro lugar querem melhorar suas vidas.

Badge

Carregando...

Produtos Naturais

Membros

"A CIÊNCIA PARA FICAR RICO"

Para aceder ao livro "A Ciência para Ficar Rico" clique na imagem.

Dê uma oportunidade a si mesmo. Leia o Livro e dê um novo Rumo à sua Vida.

Publicidade!

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Música

Carregando...

O que penso de mim? – Reflexões Diárias

“Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com os nossos pensamentos. Com os nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo.”

Buda

Sempre me perguntei o que fazia os outros tratarem-me de uma determinada maneira. Também me questionava o que criava a diferença entre a forma com que me tratavam e a forma como outras pessoas eram tratadas.

Achava que aquilo que sentia era resultado daquilo que me faziam. Eu tinha uma baixa-autoestima, porque não gostavam de mim. Eu sentia-me inferior ou menos merecedora, porque os outros se comportavam de forma superior.

E então sentia-me cada vez pior, porque sentia que não tinha qualquer poder de decisão na forma como as coisas se desenrolavam.

Então, fui alertada para o facto de ser 100% responsável por aquilo que tenho conhecimento. Passei então a responsabilizar-me ( ou pelo menos comecei a tentar).

Mas, a situação continuava parecida. Já tinha o comando na mão mas não podia mudar de canal.

Comecei então a observar o que pensava de mim mesma. Sempre me senti inferior aos outros, sempre me senti menos merecedora… Comecei a notar um padrão. Se eu pensava X sobre mim as pessoas comportavam-se de forma a que X fosse uma constante na minha vida.

Ainda hoje dou por mim a admirar-me devido a determinados comportamentos que recebo daqueles com que me relaciono diariamente.

Já penso coisas “bonitas” acerca de mim? Por vezes, sim; outras opto pelo caminho menos agradável. No primeiro, entra a gratidão, a aceitação, o amor; no segundo entra a comparação, a culpa e o medo.

Também sei que o pensamento de nada serve se não existir sentimento. Não posso dizer e pensar “ Eu amo-me!” e depois não sentir esse amor incondicional.

Mas, enquanto não consigo estabelecer essa sincronia entre o pensar e o sentir, vou treinando. Vou-me responsabilizando, agradecendo todo o meu percurso de vida e aproveitando cada segundo de cada novo dia, pois a vida é agora.

Até amanhã!

Ângela Barnabé 

Exibições: 1

Comentar

Você precisa ser um membro de Ativista da Nova Era para adicionar comentários!

Entrar em Ativista da Nova Era

© 2017   Criado por Antonio Teixeira Fernandes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço