O Ativista da nova era é uma comunidade de homens e mulheres de todas as raças e credos que em primeiro lugar querem melhorar suas vidas.

Badge

Carregando...

Produtos Naturais

Membros

"A CIÊNCIA PARA FICAR RICO"

Para aceder ao livro "A Ciência para Ficar Rico" clique na imagem.

Dê uma oportunidade a si mesmo. Leia o Livro e dê um novo Rumo à sua Vida.

Publicidade!

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Música

Carregando...

O cloreto de magnésio e os problemas de estômago.

O Estômago e o cloreto de magnésio PA

O cloreto de magnésio e os problemas de estômago.

O estômago é um órgão essencial da digestão, situado entre o esófago e o intestino delgado.

Todos os dias chegam dezenas de questões e comentários de pessoas de todo o mundo que procuram esclarecer as suas dúvidas no uso do cloreto de magnésio PA em relação a mal-estares relacionados com o estômago. Os mal-estares de estômago mais correntes, além dos problemas digestivos (vómitos, indigestões), são as úlceras, as gastrites (ardores), as hemorragias gástricas, os CANCROS.

As questões mais frequentes são:

- Tenho gastrite posso tomar cloreto de magnésio PA?

- Tenho uma Úlcera posso tomar cloreto de magnésio PA?

- Tenho refluxo gástrico posso tomar cloreto de magnésio PA?

-Comecei a tomar cloreto de magnésio PA e sinto ardor no estômago, é normal? - Etc…. etc…. etc….

Antes de continuar é preciso esclarecer que o cloreto de magnésio PA é um alimento que potencializa qualquer terapêutica. O cloreto de magnésio não entra em conflito ou agrava qualquer estado de mal-estar. 

Não querendo generalizar, e consciente que não existem doenças, mas sim doentes e que não há no mundo duas pessoas iguais, posso garantir que, na minha experiência com muitas centenas de utentes ao longo de minha carreira, geralmente um problema que envolva o estômago e a primeira fase da digestão até à válvula ileocecal (intestino delgado), está diretamente ligado com a dificuldade de aceitar ou digerir uma situação ou uma pessoa.

 Apesar de ser uma atitude demasiado infantil e quem a pratica procurar a todo o custo camuflar essas atitudes imaturas, assentes nos velhos princípios da luta pela sobrevivência, hoje já obsoletas.

 

Apesar de esse conceito antiquado prejudicar a digestão, afetando todo o organismo por carências, também desgraça a vida do indivíduo com a ansiedade.

Não confiar no processo e fluxo da vida, encerra o indivíduo num verdadeiro colete de forças que lhe rouba a liberdade e a vida.

Como fazer?

O cloreto de magnésio PA, apesar de ser um meio facilitador de mudança, ao relaxar e equilibrar o indivíduo através do equilíbrio do PH até a harmonização hormonal influenciando diretamente o estado emocional, não muda os princípios obsoletos ou as crenças negativas que produzem a forma de pensar, que por sua vez resultam em sentimentos, emoções e ações criadoras da realidade que cada um experimenta.

Deixo aqui alguns alertas que normalmente não são aceites por quem sofre com problemas de estômago.

Quem quer controlar tudo, resistindo tenazmente às ideias novas dos outros fica com o estômago muito mais vulnerável.

Quem vive apavorado com o medo das mudanças, está muito mais sujeito a doenças graves no estômago.

Aqueles que possuem um íntimo crítico forte pertencem a um grupo de alto risco de doenças estomacais perigosas.

Aquele que vive infeliz, pode usar de cinismo para com o mundo que o rodeia por não poder controlar o seu sofrimento, baixando assim o PH do organismo criando as condições indispensáveis para o desenvolvimento de uma doença grave.   

Mas atenção, se sofres de um mal-estar físico que englobe o estômago e o intestino delgado não te aflijas; hoje a Saúde integral treina os seus membros médicos e terapeutas de todas as áreas na recuperação destas doenças de uma forma simples fácil e eficaz. Pede ajuda.

Incondicionalmente disponível,

António 

Exibições: 1128

Comentar

Você precisa ser um membro de Ativista da Nova Era para adicionar comentários!

Entrar em Ativista da Nova Era

Comentário de JOSE MARIA DE OLIVEIRA PEREIRA em 1 novembro 2016 às 1:13

Obrigado Antonio pelas dicas valiosa.

Comentário de Paulo Miguel Pereira Raposo em 1 novembro 2016 às 0:37

Grato António! Bem haja

© 2017   Criado por Antonio Teixeira Fernandes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço