O Ativista da nova era é uma comunidade de homens e mulheres de todas as raças e credos que em primeiro lugar querem melhorar suas vidas.

Badge

Carregando...

Membros

"A Ciência para Ficar Rico"

Publicidade!

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Música

Carregando...

Lua Nova de Capricórnio e Chanukah 2014: Sétima Vela - Abraçando o Seu Reino

Hoje assinala-se a Lua Nova de Capricórnio, coincidindo com a sétima vela de Chanukah. A palavra Hebraica para este mês é Tevet, que vem da raíz tov singificando "bom", que é especialmente apropriada no que diz respeito à energia especial dos milagres que nós estivemos conectados na passada semana.

De uma forma geral, Capricórnio é o signo da polaridade. Tem o potencial de ser o signo do zodíaco mais materialista, ou por outro lado, o mais espiritual. Muitos dos maiores videntes, líderes, ou canais espirituais eram de Capricórnio: Joana de Arc, Nostradamus, e Martin Luther King Jr., para nomear apenas alguns.

Enquanto os Capricórnios são normalmente ambiciosos, trabalhadores e pessoas dedicadas, a energia do signo é muitas vezes marcada por um sentimento de falta. Às vezes, as pessoas nascidas sob este signo não sentem que elas têm o que elas supostamente queriam. Elas podem olhar à volta e dizer "como é que os outros têm e eu não tenho?" porque eles trabalham tão duro e no entanto outros, que trabalham menos, parecem colher mais.

A verdade é que todos nós, não importa de que signo sejamos, sentimos isto em algum ponto das nossas vidas. Nós vemos que os outros têm ou fizeram e perguntamos: Quando é que chegará a minha vez? Quando será a minha vez de receber essas coisas? Eu trabalhei no duro. Eu sacrifiquei-me. Eu partilhei. Porque é que as coisas parecem ir tão facilmente para os outros?

No Kabbalah Centre, nós referimo-nos ao mundo físico como sendo o Mundo de Malchut ou "Reino". Mas o que também aprendemos é que o meu Malchut - o meu mundo, o meu reino - não pode ser o seu reino, e o seu reino não pode ser o meu reino ou o reino de toda a gente. Cada um de nós tem a nossa própria embalagem na vida. Quando nós dizemos, "Como é que tu podes alcançar x, y e z e eu não?" Nós de facto estamos a dizer, "Eu quero aquele pedaço de embalagem que é brilhante, que tem sucesso, respeitada, ou bonita." Mas nós não vemos a grande figura. Nós não vemos os anos de esforço e noites sem dormir por detrás da benção daquela pessoa. Ou, sim, talvez a pessoa tenha milhões de dólares, mas talvez a sua mulher também tenha cancro e os seus filhos não falem com ele.

Este mês, temos o apoio da energia trabalhadora de Capricórnio para fazermos o esforço para de facto criarmos para nós mesmos aquelas coisas que admiramos nos outros, e para abraços o nosso reino pessoal com todas as suas coisas positivas e negativas. Afinal de contas, antes de virmos para esta encarnação a nossa alma escolheu um conjunto específico de atributos e um conjunto específico de dificuldades, ambas perfeitamente ajustadas à nossa correção e crescimento.

Da perspectiva do Criador, nós somos completamente unos, todo o tempo. É apenas por causa da nossa visão limitada da realidade que nós experimentamos a falta. O sol nunca vê o lado negro da lua. Para o sol, a lua está sempre a brilhar. Para Deus, nós estamos sempre a brilhar porque a Sua essência faz parte de todos nós. O nosso trabalho é abraçar essa essência de modo a que possamos ser quem nós devemos ser.

Hoje à noite, quando acendemos a sétima vela do Chanukah, vamos perguntar ao Criador que nós vemo-nos a nós mesmos como Ele nos vê - perfeitos e únicos. Então vamos meditar para abraçar o nosso reino com amor e sermos tudo o que nós devemos ser.

Karen Berg

Exibições: 55

Comentar

Você precisa ser um membro de Ativista da Nova Era para adicionar comentários!

Entrar em Ativista da Nova Era

© 2019   Criado por Antonio Teixeira Fernandes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço