O Ativista da nova era é uma comunidade de homens e mulheres de todas as raças e credos que em primeiro lugar querem melhorar suas vidas.

Badge

Carregando...

Membros

"A Ciência para Ficar Rico"

Publicidade!

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Música

Carregando...

Eu crio a minha própria Realidade

“Eu sou Criadora da minha Realidade, pela forma como penso o Mundo”

Fomos habituados a julgar e criticar tudo e todos – especialmente a nós mesmos. E é um discurso interior tão habitual que nem damos conta disso. Mas sempre que nos culpamos de alguma coisa, ou criticamos alguma coisa que fizemos, ou que os outros fizeram, ou alguma situação, estamos indo contra tudo que é o fluxo natural das coisas – o Fluxo Universal, que é perfeito.

As coisas são perfeitas da forma que elas são. Os outros são perfeitos da forma que eles são.

 

 

“Mas aquela pessoa é tão horrível! Cheia de raiva! Como pode ser perfeita?”

É a pessoa perfeita na nossa vida para que possamos sanar isso dentro de nós. Cada vez que algo nas outras pessoas nos incomoda, é porque essa característica nos incomoda em nós mesmos, ou então isso não nos incomodaria, certo?

Essa pessoa, que achamos tão horrível, está na nossa vida, cumprindo um propósito – o de nos mostrar o que temos dentro de nós que precisa ser mudado. Se resistimos a isso, a pessoa continuará lá, para nos mostrar que ainda não está sanado. Se aceitamos isso em nós, olhamos para a pessoa e nos identificamos – vemos essa característica em nós – agradecemos porque ela fez o amável favor de nos mostrar isso, não há mais motivo dessa pessoa estar a fazer esse papel.

 

“Mas eu Aceito aquela pessoa e ela continua na minha vida! “

Será que aceitou ou tolerou? Viu-se no espelho? Viu-se na característica da outra pessoa? Viu que são iguais, você e a outra pessoa?

Aceitar é ver que tudo é perfeito da forma que é, que não há nada a mudar na situação ou pessoa. Isso não quer dizer que concordamos. Quem pode concordar com o facto de existir guerra? Crianças passando fome? Violência?

Mas observar isso e revoltar-se muda alguma coisa? Fazer marchas contra a fome, trás a saciedade dessas crianças? Ou será que não trás mais fome? Em que está o foco? Em soluções ou no problema?

Mas se tivermos conscientes que, o que se vê fora, é apenas o que existe dentro – o mundo que se manifesta interiormente, é o mundo que se manifesta exteriormente, então sabemos que o que temos que mudar é a nós mesmos – é a única coisa nesta vida que podemos mudar – A NÓS MESMOS.

 

Quando o nosso Mundo interior estiver em paz, o mundo exterior estará igualmente em paz.

É uma lei Universal – O Mundo que se cria na mente, é o mundo que se manifesta materialmente.

Elisabete Milheiro

Exibições: 43

Comentar

Você precisa ser um membro de Ativista da Nova Era para adicionar comentários!

Entrar em Ativista da Nova Era

© 2019   Criado por Antonio Teixeira Fernandes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

google.com, pub-8801366889305004, DIRECT, f08c47fec0942fa0