O Ativista da nova era é uma comunidade de homens e mulheres de todas as raças e credos que em primeiro lugar querem melhorar suas vidas.

Badge

Carregando...

Membros

"A Ciência para Ficar Rico"

Publicidade!

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Música

Carregando...

Amor,sexo e sensualidade: o gozo pleno e necessário

Hoje, 06 de setembro, é comemorado o dia do sexo. Aprendemos desde pequenos a conter toda e qualquer expressão da nossa sexualidade. O assunto é proibido, onde codinomes são colocados em seu lugar: safadeza, sem-vergonhice, pecado, promiscuidade. O homem, protegido pela cultura machista, ainda tem certa liberdade de expressão. A mulher, ao contrário, é reprimida, mesmo depois de tanta revolução sexual. Embora as garotas de hoje já se exprimam de uma forma mais aberta, senão vulgar, o tema ainda não se livrou de certos preconceitos. A verdade é que isso repercute no corpo feminino, que acaba sendo bloqueado por crenças errôneas sobre o sexo e o prazer. O conceito bíblico de que o sexo é somente para a procriação habita o imaginário da mulher, impedindo-a, muitas vezes de sentir e vivenciar essa energia tão poderosa.

O sexo é fonte viva de energia, combustível de nossa vida, que nos concede extraordinário prazer, revitalizando nosso organismo. O prazer sexual faz bem para o corpo e para a mente e, sublimar esse gozo, pode adoecer mentes, como já preconizava o grande psicanalista Sigmund Freud. Para ele, a libido não deve ser reprimida, sob pena de causar inúmeras interferências na mente. Reprimir a livre expressão da sexualidade, abrir mão de um prazer inalienável, impede o indivíduo de usufruir uma vida plena, maravilhosa, com saúde perfeita do ponto de vista da mente.

Não estamos falando aqui do sexo mundano, vulgar, repleto de malabarismos desnecessários, sem amor, com gozo localizado, que não realiza a pessoa em nada. Esse tipo de sexo favorece apenas a região do gozo, seja o clitóris, seja a ejaculação peniana, apenas. Não mexe com o corpo, nem com a alma, proporcionando aquilo que o verdadeiro sexo, feito com amor, favorece: a plenitude, o sentimento de estar inteiro, as trocas benéfica de energias, o gozo pleno, a luz.

O sexo feito com amor passa por aquele encanto que o cinema tenta retratar nos filmes de amor: a leveza, a sutileza, o cuidado com o outro, o beijo na boca, a troca de olhares, o toque sutil, o carinho, a sensualidade. Com amor, a energia sexual cumpre sua função libertadora, fazendo com que os parceiros vivenciem mais que o orgasmo, mas o puro êxtase, o transe, o céu (quando te amo eu sou um homem que chega a Deus – trecho de uma canção de Marcio Greyck). Sim, chegar a Deus, no sentido de paz, de compreensão da verdadeira importância do ato sexual feito com amor, é sentir-se uno com Ele, com o parceiro e com todo o universo. O sentimento é de realização plena, de bem-estar, de felicidade. A expressão fazer amor deve ter nascido do reconhecimento da grande diferença que existe entre transar e fazer sexo com amor.

Fazer amor é uma dádiva divina que começa com o olhar. Não importa características físicas do parceiro, a cor da pele ou a idade. Quando amamos começamos por um olhar de desejo, por um toque carinhoso em seu corpo, por um longo beijo. Um simples segurar de mãos com suavidade já desperta no parceiro o desejo da conjunção carnal. Quem experimenta uma relação sexual com amor sabe a diferença, entende que as vezes que deixou-se levar por contatos sexuais efêmeros não se realizou como pessoa, apenas gastou em vão sua energia sexual. Sim, o amor é lindo. É maravilhoso, é realizador, é a explicação do porque existimos. Nada que alcancemos nesta vida suprirá essa necessidade primitiva de amor que temos, uma vez que já nascemos com uma grande sensação de desamparo.

O amor chega a nós quando estamos abertos para ele, quando queremos de fato que ele entre em nossas vidas. Por isso, devemos deixar que isso nos aconteça, melhorando nossa auto-estima, removendo as crenças negativas que nos impedem de viver um grande amor. Pergunte-se a si mesmo: Eu mereço viver um grande amor? É possível eu atrair um grande amor? Eu desejo viver um grande amor? Se a resposta for negativa, aplique EFT – Técnica de Libertação Emocional para remover estas crenças e logo verá sua vida se transformar e seu grande amor chegar. Eu encontrei o meu. Boa sorte!

 

Goretti Lima – Terapeuta em EFT

www.efterapia.com

Exibições: 29

Comentar

Você precisa ser um membro de Ativista da Nova Era para adicionar comentários!

Entrar em Ativista da Nova Era

© 2019   Criado por Antonio Teixeira Fernandes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço