O Ativista da nova era é uma comunidade de homens e mulheres de todas as raças e credos que em primeiro lugar querem melhorar suas vidas.

Badge

Carregando...

Produtos Naturais

Membros

"A CIÊNCIA PARA FICAR RICO"

Para aceder ao livro "A Ciência para Ficar Rico" clique na imagem.

Dê uma oportunidade a si mesmo. Leia o Livro e dê um novo Rumo à sua Vida.

Publicidade!

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Música

Carregando...

Todas as mensagens do blog (1,839)

Deixar de resistir – 269 de 365

deixar de resistir

Ao observar aquilo que vou sentindo ao longo do dia, posso saber se estou em resistência ou se estou em fluxo.

Um mesmo acontecimento pode provocar diferentes tipos de reação da minha parte e ao contrário do que eu pensava antes, não são os acontecimentos que ditam o que eu sinto, mas sim as decisões que eu tomo perante os acontecimentos.

Uma das minhas grandes limitações é a resistência e é o que eu tenho utilizado como bênção na minha…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 11 novembro 2018 às 22:42 — Sem comentários

SOU OTIMISTA, POR QUE NÃO DÁ CERTO?



Não basta ser otimista e ter bons pensamentos, se nossa frequência vibracional não corresponde ao que se deseja.

Ao nos colocarmos em posição de vítimas diante das circunstâncias e resistir aos acontecimentos adversos, só tende agravar e atrair, ainda mais aquilo que não queremos.

Seja qual for o problema, não devemos resistir, simplesmente devemos…

Continuar

Adicionado por Lúcia Andrés em 10 novembro 2018 às 3:30 — Sem comentários

Onde me leva a confiança – 268 de 365

leva a confiança Estes últimos 3 meses têm sido muito intensos. Mais intensos do que eu poderia imaginar.

Quando rotulo as minhas últimas vivências como intensas faço-o porque neste momento sinto que não há tempo para adiar nem para fugir. Tudo tem acontecido de uma maneira rápida e a colheita daquilo que venho semeando tem sido quase instantânea.

Se antes tinha que estar atenta aos meus pensamentos e sentimentos, neste momento tenho que reforçar esse…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 8 novembro 2018 às 22:57 — Sem comentários

TER O SUFICIENTE PARA SOBREVIVER OU PROSPERAR ABUNDANTEMENTE?

Como tudo está em constante movimento e crescimento, aceitar o suficiente para sobreviver é negar a nossa própria natureza divina.

Estamos aqui para prosperar abundantemente.

Enganam-se, os que pensam que a vida é só aqui.

A vida é um eterno expandir, é perene e jamais acaba.

Nós já nascemos merecedores, mas são as crenças que nos boicotam.

A…

Continuar

Adicionado por Lúcia Andrés em 8 novembro 2018 às 3:56 — Sem comentários

TER O SUFICIENTE PARA SOBREVIVER OU PROSPERAR ABUNDANTEMENTE?

Como tudo está em constante movimento e crescimento, aceitar o suficiente para sobreviver é negar a nossa própria natureza divina.

Estamos aqui para prosperar abundantemente.

Enganam-se, os que pensam que a vida é só aqui.

A vida é um eterno expandir, é perene e jamais acaba.

Nós já nascemos merecedores, mas são as crenças que nos boicotam.

A prosperidade é nossa por direito inato.

Precisamos eliminar definitivamente de nossas vidas, as crenças limitantes e…

Continuar

Adicionado por Lúcia Andrés em 8 novembro 2018 às 3:41 — Sem comentários

Mais uma oportunidade – 267 de 365

mais uma oportunidade

A vida é a minha melhor amiga. Em todos os aspetos daquilo que experiencio posso ver com clareza que aquilo que foi acontecendo foi o melhor para mim, apesar de eu na altura não ter visto isso.

Quando se está envolto na situação e apenas de vê as coisas pela aparência é fácil cair no julgamento. Vêm pensamentos que dizem que a vida é madrasta, que as coisas não correm bem durante muito tempo…

Estive muitas vezes aí, nesse…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 7 novembro 2018 às 23:36 — Sem comentários

O que irá acontecer? – 266 de 365

o que irá acontecer

Muitas vezes me deparo com situações aparentemente caóticas. Coisas que não me parecem levar a lado nenhum e muitas vezes parecem mesmo atrapalhar.

A pergunta que surge é “Porquê?” e é logo seguida por “E agora?”. Nesses momentos em que a tentação é julgar e tentar perceber o motivo pelo qual as coisas aconteceram, ao mesmo tempo que se tenta manipular o que irá acontecer, é preciso…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 6 novembro 2018 às 23:05 — Sem comentários

Quando a mudança acontece – 265 de 365

mudança acontece

A mudança é uma constante da vida. A todos os momentos se iniciam novos ciclos e outros terminam, deixando aprendizagens e abrindo portas para novas oportunidades.

Eu pensava que a mudança era algo difícil e que era preciso muito tempo para ver os seus resultados na minha vida. Mas a verdade é que a mudança acontece num instante, desde que eu o permita.

Nunca na minha vida poderia imaginar estar onde estou hoje nem que as…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 5 novembro 2018 às 23:28 — Sem comentários

Querer agradar – 264 de 365

agradar

Um dos meus grandes problemas sempre foi fazer as coisas para agradar. A necessidade de querer que os outros gostassem de mim levou-me muitas vezes a fazer as coisas de modo a cair nas boas graças dos que me rodeavam.

Eu pensava que estava a fazer bem, porque assim era útil para as pessoas e recebia o amor delas. Pensava que por fazer bem aos outros eles iriam fazê-lo a mim e ficaria tudo bem para sempre.

Mas, como…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 4 novembro 2018 às 23:00 — Sem comentários

Nada é o que parece – 263 de 365

parece

Por muito que eu pense que consigo ver para lá das aparências, a verdade é que a minha forma de olhar para as coisas está carregada de julgamento.

A minha postura de observador influencia o desenrolar e o resultado dos acontecimentos e tenho que estar bastante atenta às possibilidades que crio na minha mente, pois é isso que vou criar na minha realidade.

Todos os dias sou surpreendida pela forma como as coisas acontecem e…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 3 novembro 2018 às 23:22 — Sem comentários

Agir de forma diferente – 262 de 365

Durante muito tempo pensei no quão seria bom poder voltar atrás no tempo para fazer as coisas de forma diferente. Imaginava como seria se eu tivesse tido a capacidade de lidar com as coisas com aceitação e gratidão em vez de lidar com resistência, como fiz na altura.

O que eu não entendia é que o facto de eu estar a ver uma forma diferente de agir foi causado pela minha maneira de agir inicial (aquela à qual eu resistia).

A vida é um treino…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 2 novembro 2018 às 23:51 — Sem comentários

Quando é que virão os resultados? – 261 de 365

virão os resultados

Muitas vezes dou por mim a fazer as coisas com a mente no resultado. Ou seja, não aprecio o caminho que me leva ao destino final, tento manipular as coisas para que corram à minha maneira e no final deparo-me com vazio.

No outro dia ouvi alguém dizer que tudo aquilo que eu semeio será colhido. Todas as minhas ações são sementes e no momento certo terei acesso a toda a colheita.

Isso fez-me pensar nas vezes em que fiz as…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 31 outubro 2018 às 23:30 — Sem comentários

Inferno & paraíso: duas realidades possíveis dentro do mesmo evento

  

 inferno e paraiso

“Vivem-se tempos de grande turbulência. Os ventos poderosos da mudança sopram de todas as direções… Apesar de ainda ensonados na ilusão dos sentidos, os primeiros raios de luz, rompem por entre a tempestade indicando um novo alvorecer; ao mesmo tempo que a humanidade começa lenta e progressivamente a despertar para uma nova realidade”.

Assim inicio um novo capítulo do próximo livro “A pedagogia do novo…

Continuar

Adicionado por Antonio Teixeira Fernandes em 31 outubro 2018 às 12:17 — Sem comentários

Onde está o meu valor? – 260 de 365

meu valor

Quando se tem uma baixa autoestima, é normal procurar-se  valorização do exterior. E eu, com uma baixa autoestima, sempre senti a tendência para encontrar o meu valor naquilo que os outros pensavam de mim.

Fazia as coisas para me sentir valorizada, para agradar aos outros. Sempre que sentia que não me estavam a dar o valor que eu achava que merecia, ficava mal comigo mesma e com os outros.

Com o tempo venho aprendendo que  sempre…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 29 outubro 2018 às 23:35 — Sem comentários

Receber aquilo que quero – 259 de 365

Receber aquilo que quero

Quando não se confia na vida, é normal sentirmo-nos desligados dela. Era isso que eu sempre sentia; um constante estado de separação entre mim e as coisas.

Tudo me passava ao lado e mesmo tropeçando em coisas importantes, parecia que não conseguia notar que elas lá estavam.

O medo de me sentir desapontada e dececionada criava em meu redor uma bolha. Não me sentia desapontada, é verdade, mas também não sentia amor, alegria ou…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 24 outubro 2018 às 23:52 — Sem comentários

Melhor do que eu poderia imaginar – 258 de 365

melhor do que poderia imaginar

Apesar de ter uma visão bem negativa da vida e de não me achar merecedora de nada, havia uma parte de mim que sonhava com uma vida melhor. Sonhava em ser feliz, sentir-me realizada e tentava imaginar como é que isso poderia acontecer  na minha vida.

Mas, em vez de me focar nas mudanças que deveria fazer para que a minha realidade passasse a ser a dos meus sonhos, deixava andar.

Mais tarde, quando comecei o meu processo de mudança, ficava…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 21 outubro 2018 às 22:47 — Sem comentários

Medo de mostrar quem sou – 257 de 365

Medo de mostrar quem sou

Durante muito tempo pensei que enganava os outros. Pensei que conseguia esconder a insegurança, o medo e a dúvida. Sempre que alguém me mostrava que conseguia ver para além aquilo que eu queria mostrar eu ficava com medo.

Medo que me “desmascarassem”. Que vissem aquilo que eu realmente era, como se isso fosse algo mau.

Durante muito tempo reprimi muita coisa.  No meio de tanta busca pela perfeição, por padrões inatingíveis, era quase…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 20 outubro 2018 às 7:45 — Sem comentários

Medo de crescer – 256 de 365

medo de crescer

Em criança, toda a gente quer crescer. Queremos ser adultos, queremos ser responsáveis pela nossa vida e ser livres de escolher sem depender de ninguém. Mas quando chegamos à idade “adulta” a nossa perspectiva muda.

Escrevo esta reflexão tendo em mente todas as pessoas que me disseram que querer crescer foi a pior coisa que quiseram na vida. Escrevo-a também pensando em todas as vezes que adiei o meu crescimento.

Muitas…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 18 outubro 2018 às 23:26 — Sem comentários

Aquilo a que eu me imponho – 255 de 365

Aquilo a que eu me imponho Durante muito tempo vivi a minha vida de uma certa maneira, achando que era a única forma de o fazer. Perseguia uma imagem daquilo que eu devia ser, fazer e pensar, andando na ilusão que isso me faria sentir bem.

Responsabilizava a sociedade por me fazer correr atrás de um padrão de vida, quase impossível de alcançar. Seja a nível pessoal ou profissional; seja ao nível da beleza física ou de objetivos na vida; eu corria atrás daquilo que achava…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 17 outubro 2018 às 23:17 — Sem comentários

Tudo aquilo que vai mudando – 254 de 365

aquilo que vai mudando

Dia 11 de setembro de 2018 fez um ano que eu comecei a escrever (quase) diariamente estas reflexões. Isso fez com que uma grande mudança ocorresse na minha vida.

Quando tomei a decisão de partilhar aquilo que ia sentindo e aquilo que ia refletindo ao longo do dia, fi-lo porque sentia que me podia ajudar a mim e porque também podia ajudar os outros.

De tudo aquilo que eu fui lendo e vendo ao longo da minha vida, o que me fez despertar para algo…

Continuar

Adicionado por Ângela Barnabé em 16 outubro 2018 às 23:32 — Sem comentários

Arquivos mensais

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

1999

© 2018   Criado por Antonio Teixeira Fernandes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço