O Ativista da nova era é uma comunidade de homens e mulheres de todas as raças e credos que em primeiro lugar querem melhorar suas vidas.

Badge

Carregando...

Produtos Naturais

Membros

"A CIÊNCIA PARA FICAR RICO"

Para aceder ao livro "A Ciência para Ficar Rico" clique na imagem.

Dê uma oportunidade a si mesmo. Leia o Livro e dê um novo Rumo à sua Vida.

Publicidade!

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Música

Carregando...

Informação

Biologia da crença

Hoje vivemos numa era fantástica, em que a ciência liberta-nos dos velhos mitos estabelecendo uma nova base de crenças em relação à civilização. 

A crença de que somos meras e frágeis máquinas controladas por genes está sendo gradualmente substituída pela consciência de que somos os próprios geradores e administradores da nossa vida e do mundo que nos cerca.

Sabendo que muitas das crenças que impulsionam e controlam a nossa vida não são reais e sim conceitos limitadores, assumimos o controle da nossa vida, permitindo-nos ter mais saúde e felicidade.

"Se eu pudesse escolher alguém para ser neste mundo...quem escolheria?

Eu quero ser eu mesma."

Mafalda Carvalho

Site: http://solucaoperfeita.com/mafalda/
Membros: 42
Última atividade: 30 Dez, 2016

A inteligência das células

Sob a pele há uma metrópole de 50 triliões de células, cada uma biológica e funcionalmente equivalente a um ser humano em miniatura.

A opinião popular atual sustenta que o comportamento das células que compõem o nosso organismo, é pré-programado pelos nossos genes. A ideia de que, o nosso destino está indelevelmente inscrito nos nossos genes é um derivado do conceito científico desatualizado conhecido como “determinismo genético”. Desde que Watson e Crick descobriram o código genético que o público foi “programado” com a sabedoria convencional de que o ADN “controla” os atributos passados através da história da família, incluindo cancro, diabetes, mal de Alzheimer, depressão, entre outras. Como “vítimas” da hereditariedade, percebemos naturalmente, que não temos poder em relação ao que acontece nas nossas vidas. Infelizmente, a hipótese de não ter poder é o caminho para a irresponsabilidade pessoal. “Eu não posso fazer nada sobre isso…porque eu me deveria importar?”

Quando foi conhecido o projeto do genoma humano em 1980, os cientistas começaram a adquirir uma nova forma de ver como a vida funciona. Esta pesquisa inovadora fundou um novo ramo da ciência conhecido como epigenética que, tem abalado os fundamentos da biologia e da medicina. Ela revela que não somos “vítimas”, mas “mestres” dos nossos genes. A palavra epigenética derivada do prefixo grego “epi” que significa “acima”, consequentemente a tradução literal de epigenética é o “controlo sobre os genes”. Assim sendo, os genes não controlam a vida, a vida é controlada por algo acima dos genes.

A nova ciência da epigenética reconhece que os sinais ambientais são os reguladores primários da atividade dos genes, isto é, as células leem as condições do ambiente, através dos recetores de membrana das proteínas. Ao serem ativados, estes recetores enviam sinais para controlar o comportamento e a atividade dos genes, dando origem aos traços hereditários do nosso corpo. Surpreendentemente, a informação epigenética permite modificar ou editar a leitura da “pegada” de um gene para criar 30 mil variações diferentes de proteínas (blocos de construção moleculares da célula) a partir do mesmo gene. Este processo de edição fornece-nos produtos de proteínas normais ou disfuncionais do mesmo gene. Uma pessoa pode nascer com genes saudáveis e por meio de processos epigenéticos expressarem um comportamento mutante, como o cancro. Da mesma forma que, uma pessoa pode nascer com genes mutantes e através de mecanismos epigenéticos criar proteínas saudáveis e consequentemente genes com comportamento normal.

A nova biologia defende que, a perceção dos sinais ambientais controla o comportamento e a atividade dos genes. Assim, em vez de nos vermos como “vítimas” dos nossos genes, devemos assumir a responsabilidade das nossas perceções moldando a biologia do corpo de forma dinâmica. A saúde pode ser influenciada pela precisão da interpretação ou da perceção que um indivíduo tem do seu ambiente. As perceções incorretas reescrevem a informação genética tão eficazmente com as perceções corretas, mas com consequências graves ou até mesmo com risco de vida.  

Existem três fontes de perceção que controlam a nossa biologia e o nosso comportamento:

 1ª – Adquiridas pelo nosso genoma. Dentro dos nossos genes existem programas que fornecem o comportamento reflexo fundamental, chamado instinto. Nestas perceções estão os instintos mais complexos como a capacidade que os recém-nascidos têm de nadar e a ativação dos mecanismos de cura inata para reparar o sistema danificado ou remover um nódulo canceroso. Os instintos geneticamente herdados são perceções adquiridas da Natureza.

2ª – Memórias derivadas de experiências registadas na mente subconsciente. São perceções profundamente poderosas, com uma forte contribuição dos pais. A perceção externa da mãe influencia a fisiologia e o desenvolvimento do feto que acabará gravada no subconsciente do novo ser. Nos primeiros seis anos de vida tudo o que acontece ao redor da criança, fica no seu subconsciente, a partir desta idade, o indivíduo experimenta na sua vida o resultado das perceções impressas no subconsciente.

3ª – Vindas da mente consciente. A mente consciente, ao contrário da subconsciente é uma plataforma criativa que permite misturar a variedade de reflexões com a infusão da imaginação, processo que gera um número ilimitado de variações de crença e comportamento. Estas perceções são uma das forças mais poderosas do Universo, pois com elas temos a oportunidade de expressar a livre vontade.

Estamos acorrentados a comportamentos emocionalmente disfuncionais devido à programação de histórias do passado. Esta programação pode ser alterada através da mudança da perceção da vida, assumindo a responsabilidade de reprogramação das nossas crenças limitadoras.

Mafalda Carvalho

 

Fórum de discussão

Cura com o poder da meditação

Iniciado por Mafalda Cristina Silva Carvalho 26 Jul, 2015. 0 Respostas

Descobri estas meditações quando estava a pesquisar no blogue do Dr. Bruce H. Lipton, eu vou experimentar estas meditações, não tenho nada a perder, você pode experimentar também, depois vou…Continuar

O poder da consciência - Bruce H. Lipton

Iniciado por Mafalda Cristina Silva Carvalho 2 Nov, 2013. 0 Respostas

Dr. Bruce H. Lipton é…Continuar

Tags: http://odespertardoser.blogs.sapo.pt/12325.html

Células-tronco

Iniciado por Mafalda Cristina Silva Carvalho 6 Mar, 2013. 0 Respostas

A sabedoria de suas células é uma nova biologia que vai mudar profundamente a civilização e o mundo em que vivemos Esta nova biologia nos leva à convicção de que não somos vítimas dos nossos genes,…Continuar

Newsletter de fevereiro de Bruce H. Lipton

Iniciado por Mafalda Cristina Silva Carvalho 15 Fev, 2013. 0 Respostas

Caros Amigos e criativos culturais,  Bem, o mundo não acabou a 21 de dezembro de 2012. Talvez, em retrospetiva, eu não deveria ter executado a minha conta Visa!  Na verdade, Margaret e eu estávamos…Continuar

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Biologia da crença para adicionar comentários!

Comentário de Mafalda Cristina Silva Carvalho em 13 agosto 2012 às 20:49

Obrigada amiga Rosa, espero que goste e aproveite tudo o que é falado neste grupo. Beijinhos

Comentário de rosapinaraujo em 13 agosto 2012 às 19:26

Como não podia deixar de ser estou a ler o tema! achei muito interessante... mas ainda não posso  fazer  comentarios mas prometo assim que eu terminar a leitura comentarei esse tema que aparece me  importantissimo.

Agradeço com  todo o carinho essa  maravilhosa   convite que me fez para fazer parte  do Blogue que é Biologia da crença.

 

Um grande abraço

Comentário de Mafalda Cristina Silva Carvalho em 9 maio 2012 às 15:51

Querida amiga Carla, ainda bem que estás a gostar do que eu tenho publicado, também tem sido muito bom para mim, acredita amiga. Beijinhos, fica bem.

Comentário de Mafalda Cristina Silva Carvalho em 30 abril 2012 às 11:24

Amiga Rita, cá te espero com os braços abertos... Bjs

Comentário de rita lopes em 29 abril 2012 às 20:23

ola querida amiga, em breve estarei de volta saudades de tdus, bjs.

Comentário de Mafalda Cristina Silva Carvalho em 28 abril 2012 às 15:46

Obrigada amiga por fazeres parte deste grupo. Desfruta da leitura que eu também o faço quando escrevo os artigos. Beijinhos

Comentário de Anamy em 28 abril 2012 às 11:43

Obrigada amiga pelo convite...estou a amar o tema...bem hajas...feliz fim de semana..beijitos

 

Comentário de Mafalda Cristina Silva Carvalho em 5 março 2012 às 14:47

Amiga Maria, também é para mim uma prazer ler e estudar sobre este assunto. Eu sei que são ideias novas e por vezes um pouco complicadas, mas se mantivermos a mente recetiva, tudo flui de forma equilibrada. Beijinhos

Comentário de Maria de Lurdes Antunes em 5 março 2012 às 0:43

Obrigada Mafalda, pelo convite.

É um prazer retirar do seu texto, um equilíbrio indispensável, às minhas necessidades comportamentais sobre a terra.

Comentário de Mafalda Cristina Silva Carvalho em 23 fevereiro 2012 às 17:22

Bem-vinda amiga Rita, aproveite e desfrute desta nova consciência que eu também estou a fazer o mesmo enquanto leio e estudo. Beijinhos. 

 
 
 

© 2017   Criado por Antonio Teixeira Fernandes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço